Postagem fixa

Está no ar nosso curso preparatório para provas discursivas, focado nos concursos da Advocacia Pública.

Não deixe de conhecer nossa proposta de preparação para as temidas provas discursivas, focado em domínio teórico de todos os elementos que estão em jogo em qualquer prova discursiva, para aperfeiçoar a prática.

Clique no link seguir:

O curso foi totalmente desenvolvido e ministrado pelo Professor Denis França.

quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Qual é a forma geométrica do seu estudo?

Qual é a forma geométrica do seu estudo?
Às vezes o mais importante não é a maneira como fazemos uma coisa na vida, mas as razões pelas quais escolhemos fazer daquela forma, bem como a nossa compreensão sobre essas razões.
Evidentemente, o ideal é que ajamos sempre do modo mais assertivo e apto a alcançar os resultados desejados no menor tempo e com o menor esforço possível. Porém, errando ou acertando, o fato é que será fundamental alcançar uma noção clara sobre o que nos conduziu ao acerto ou ao erro, o que é imprescindível para elaborarmos a forma de encontrar o resultado ideal.
Ou seja, só essa compreensão sobre o todo, só o entendimento das causas e uma visão global do processo nos permitirá aperfeiçoar o que não funcionou e compreender o que não funcionou, além de melhorar uma e outra coisa.
Ok, isso vale para todas as coisas da vida. Porém, como o nosso assunto aqui é o estudo para concursos públicos, proponho a seguinte indagação: qual é a forma geométrica do seu estudo?
A pergunta pode parecer “de doido”, mas tem o objetivo de nos auxiliar na compreensão sobre a forma como organizamos e vemos o nosso próprio processo de aquisição do conhecimento.
Vejamos um exemplo.
Na faculdade de Direito, primeiramente, temos aquele contato inicial com certo assunto. Tudo parece abstrato e “bambo”. Contudo, tende a se fortalecer à medida que estudamos e adquirimos experiências práticas.
Em seguida, talvez tenhamos que tocar naquele mesmo assunto quando ele for pré-requisito para o estudo de algum outro ponto, ou até mesmo porque chegou a hora de estudar para o Exame da OAB ou algo do gênero.
Mais adiante, ainda, se a pretensão for a de se enveredar pelo mundo dos concursos, certamente a maioria dos pontos das principais disciplinas será, novamente, exigida e, mais uma vez, passaremos por questões já vistas. No entanto, será que isso será feito da mesma forma?
Existe uma forma geométrica que muito bem define um caminho que, mesmo repetindo as coordenadas percorridas (ou ao menos a angulação do vetor, para ser mais preciso), registra uma noção de ampliação, de aprofundamento.
E essa forma é a espiral.
Mas, atenção: não a confunda com a helicoide, aquela forma do arame que faz a encadernação de um conjunto de páginas. Para não restar dúvidas, veja a seguir um exemplo de espiral:


* Publicado originalmente no Blog da EBEJI.

Nenhum comentário:

Postar um comentário